Pular para o conteúdo

Imagem 2 Imagem 1 Imagem 1 Imagem 1

.: E-mail

E-mail: Senha:
Força SC

.: Visualizar notícia

Mais desafios para 2018


O ano de 2017 foi sem dúvida nenhuma o ano que mais nos deixou tristes. Depois de muito tempo lutando pela manutenção dos direitos duramente conquistados, vimos ruir as nossas esperanças quando o Governo, juntamente com deputados e senadores das bancadas ruralistas e dos empresários aprovaram diversos projetos que sucumbiram com as garantias da Consolidação das Leis Trabalhistas, a nossa querida CLT.
O desemprego alarmante nos acompanhou ano à dentro, com os maiores índices desde 1991, com 13 milhões de pessoas desempregadas. Sendo negros e jovens os mais atingidos. (dados do Pnad) Vimos a PEC da morte (241) – aprovada ainda em 2016 – fazer suas primeiras vítimas, o Sistema Único de Saúde, a Segurança Pública e a Educação entrando em colapso. Sem recursos, municípios também se viram aos tombos para dar continuidade aos projetos sociais.
Logo no início do ano sentimos na pele a aprovação da Terceirização (PL 4330) e logo depois a Reforma Trabalhista que veio deteriorar ainda mais os direitos dos trabalhadores. Além de disso fomos surpreendidos com uma Medida Provisória (1129) alterou os critérios de classificação do trabalho escravo, banalizando o crime e inclusive evitando que a lista suja, de empresas que cometem o trabalho escravo fosse divulgada.
Onde já se viu mudar o conceito de escravidão?
Não temos motivos para comemorar.
O Brasil pode voltar ao mapa da miséria. Com a alta do desemprego, o avanço da pobreza, o corte de beneficiários e o congelamento de gastos públicos contribuem para aumento da fome no país de acordo com a ONU.
E não temos boas perspectivas para 2018. Logo no início do ano o Governo quer por em pauta a Reforma da Previdência, que não deixa mais os trabalhadores se aposentarem.
Os únicos que comemoraram o desmonte foram os empresários, ruralistas e banqueiros. Trilhões em dívidas foram perdoadas e quem está pagando a conta é o trabalhador.
Todas as dívidas perdoadas é maior que o pseu do rombo da Previdência. E querem fazer a gente acreditar que a Reforma Trabalhista, a Terceirização e a Reforma da Previdência são a solução para o Brasil?
Essa não cola mais.
Foi um ano difícil sim, fomos constantemente apunhalados. Sofremos a repreensão policial em Brasília, tentaram nos derrubar com o fim do imposto sindical e nos mantemos na luta. Será assim em 2018. Pois acreditamos num ano melhor, num Brasil pujante, com emprego, qualidade de vida, saúde e educação. Acreditamos em pessoas mais humanas e solidárias, em um país justo e igualitário.
Por isso chegou a hora de fazer uma pausa. Pausa necessária para recarregar as baterias e voltar em 2018 com toda a garra e força.
Feliz Natal, boas festas e um excelente 2018!


Endereço: Rua Irmã Bonavita, n° 1.109, Bairro Capoeiras, Florianópolis | 88090-273 | ©Copyright 2013 Força Sindical SC. All rights reserved.
Powered by KYOJIN

Voltar para o topo