Pular para o conteúdo

Imagem 2 Imagem 1 Imagem 1 Imagem 1

.: E-mail

E-mail: Senha:
Força SC

.: Visualizar notícia

Cancelamento da conferência de vigilância em saúde pode ser manobra do governo


Era para acontecer essa semana em Brasília a Conferência Nacional de Saúde, onde  conselheiros de todo o país, discutiriam alternativas para melhorar o Sistema Único de Saúde (SUS) nos seus municípios. No entanto, de forma arbitrária e em cima da hora os conselheiros foram avisados do cancelamento.

Jorge Luiz Putsch, representante dos trabalhadores no Conselho Municipal de Saúde de Brusque (Comusa) foi um dos que recebeu a notícias após a emissão das passagens aéreas.

"Uma total falta de respeito com quem se dedicou para fazer um excelente trabalho na etapa regional e estadual", lamentou Putsch. "Agora estão trabalhando uma nova data que me parece ser do dia 27/02 a 02/03/2018, está data foi definida a consultar os delegados eleitos. Realmente é revoltante, só nos resta a análise de que isso é proposital".

Não é só o dirigente sindical que denuncia isso. Várias entidades, em nota, lamentaram o ocorrido e reiteraram que essa é uma tentativa do governo de desarticular o controle social e impedir a participação popular.

O estranho é que o Ministério da Saúde não divulgou em nenhum momento o lugar do evento, mas emitiu algumas passagens para os participantes, confirmando as suspeitas de desarticulação dos movimentos organizados em prol da saúde pública.

"Esta nítido que o governo Temer tenta impedir a participação popular nos debates de temas importantes da saúde, basta ver todos os cortes que estão sendo feitos pelo Ministério da Saúde", condenou Putsch.


Endereço: Rua Irmã Bonavita, n° 1.109, Bairro Capoeiras, Florianópolis | 88090-273 | ©Copyright 2013 Força Sindical SC. All rights reserved.
Powered by KYOJIN

Voltar para o topo